Rádio Líder FM de Acopiara

WebTV Acopiara - A televisão da Terra do Lavrador

quarta-feira, 22 de outubro de 2014

Quem mentiu? Crise entre Eunício e Capitão Wagner

Capitão Wagner Eunício Oliveira
Será que o Capitão Wagner mentiu?
No primeiro turno das eleições a governador do Ceará, circulou na internet um áudio que seria de Capitão Wagner ao telefone, onde ele afirma ter acabado de sair de conversa com Eunício Oliveira, que teria feito um convite para o Capitão Wagner ser Secretário de Segurança: “Ei moçada, só pra informar. Saindo da reunião com o Eunício. Convidou a gente para ser vice-governador. Ele fez várias pesquisas de opinião e viu que meu nome era o melhor. Me chamou para ser o vice-governador. A gente não aceitou e independente de qualquer coisa, independente de eu apoiar ele ou não, ele me chamou para ser o secretário de segurança e a gente colocou já nossa pauta: carta branca, retorno dos demitidos… ele aceitou tudo. Aceitou que a gente vai ter carta branca, retorno dos demitidos. Agora é só orar e trabalhar. Abraço.”
Entretanto, em uma entrevista de rádio concedida para João Hilário em uma rádio de Juazeiro do Norte, Eunício Oliveira teria desmentido a fala do Capitão Wagner afirmando: “Não houve convite a absolutamente ninguém.” e frisou “Antes de me eleger governador eu não convidei e nem vou convidar ninguém para assumir secretaria.”
Ao eleitor, restam dúvidas: quem estaria mentindo? Será que Eunício teria de fato prometido a vaga de Secretário de Segurança do Estado ao Capitão Wagner? Se Eunício não tiver prometido, estaria Capitão Wagner mentindo ao eleitorado que lhe confiou o voto? De um jeito ou de outro, alguém está mentido.
O áudio com a posição incisiva, inclusive com a palavra “mentiu”, de Eunício teria aberto nas últimas horas uma gigantesca crise dentro da campanha verde. Uma turma de amigos indignados com a situação estaria fazendo de tudo para apagar o incêndio e minimizar os supostos estragos. Mas, segundo consta, já teria sacramentado de forma definitiva o rompimento total entre os dois. O único caminho para tentar não prejudicar ainda mais a campanha de Eunício seria o de manter as aparências pelo menos até o fim das eleições. 
<iframe width="509" height="321" src="//www.youtube.com/embed/8DhAHwTNfQE" frameborder="0" allowfullscreen></iframe>
Confira a transcrição do áudio da entrevista abaixo:

Entrevista de Eunício sobre o Capitão Wagner

Entrevistador: A pergunta que eu fiz ao senhor é se o senhor confirma o convite para o capitão Wagner ser secretário de…
Eunício: Sim, mas é, me perdoe, eu até saí porque esse assunto é um assunto que eu saí do tema.
Entrevistador: Eu repito a pergunta ao senador Eunício Oliveira, porque o capitão Wagner disse de viva voz que foi convidado e o senhor diz que não convidou. Então, é nesse aspecto o senhor diz que o capitão está mentindo. Ele disse…
Eunício: Não, eu não estou dizendo que ninguém está mentindo, eu não vi o capitão. Ele não disse a mim. Ele não disse a mim. Eu estou afirmando da minha posição, com clareza: eu ainda não me elegi como governador.
Entrevistador: Vamos então ouvir a declaração do capitão Wagner, o áudio que está no youtube do capitão Wagner.
Entrevistador insere o áudio do Capitão Wagner
Entrevistador: E aí, senador?
Eunício: É mentira. É uma imitação da voz. Eu não sei, eu não vou responder sobre youtube ou sobre matéria que a no youtube. Quem deve responder a isso é o capitão Wagner. Você pode, democraticamente, convidá-lo , ele é deputado estadual, para que ele venha aqui dizer se esse youtube é verdadeiro, se não é verdadeiro. Não posso me responsabilizar por isso. O que eu posso afirmar é que antes de me eleger governador eu não convidei e nem vou convidar ninguém pra assumir secretaria.

Áudio do depoimento de Capitão Wagner

“Ei moçada, só pra informar. Saindo da reunião com o Eunício. Convidou a gente para ser vice-governador. Ele fez várias pesquisas de opinião e viu que meu nome era o melhor. Me chamou para ser o vice-governador. A gente não aceitou e independente de qualquer coisa, independente de eu apoiar ele ou não, ele me chamou para ser o secretário de segurança e a gente colocou já nossa pauta: carta branca, retorno dos demitidos… ele aceitou tudo. Aceitou que a gente vai ter carta branca, retorno dos demitidos. Agora é só orar e trabalhar. Abraço.”
Notícias Ceará

O Outro lado de Eunício Oliveira: documentário viraliza na internet

<iframe width="540" height="311" src="//www.youtube.com/embed/6P64_2NFY0k" frameborder="0" allowfullscreen></iframe>

As revelações sobre Eunício Oliveira não param de aparecer na internet. Mais uma vez, o senador é tema principal de um documentário publicado no Youtube. Dessa vez, o vídeo “O Outro Lado de Eunício Oliveira” foi publicado pelo programa Momento Político, comandado pelo jornalista Carlos Silva, na rádio Globo do Ceará. O vídeo de oito minutos já está fazendo barulho no Youtube e faz graves denúncias ao candidato Eunício Oliveira e registra inclusive o que pode ser considerado, no mínimo, um crime eleitoral por parte do senador. 

 O Outro lado de Eunício Oliveira

Eunício Oliveira documentário
O Outro lado de Eunício Oliveira revela a verdade sobre o senador. 

 O vídeo começa falando sobre a censura que o senador exerceu no Google e no Youtube quando entrou com uma ação para censurar o documentário “O Segredo de Eunício Oliveira – Parte 1”. O material, que foi excluído do Youtube por medida judicial mas ainda pode ser visto no Vimeo. Para tirá-lo do ar, Eunício e seus advogados alegaram que os depoimentos da população do distrito de Iborepi, na cidade de Lavras da Mangabeira, terra natal de Eunício Oliveira, seriam tendenciosos, além alegar que independente de ser um homem que trabalha para o povo, sua privacidade não deve ser exposta, e por isso, as imagens de suas mansões em Brasília, Fortaleza e Miami e sua fazenda particular não devem ser mostradas para os internautas. Baseado nessa segunda argumentação, a de invasão de privacidade, o vídeo foi excluído do site de vídeos do Google e desencadeou uma série de atitudes absurdas de Eunício Oliveira e sua equipe. 

Eunício e suas falsas promessas 

Os depoimentos corajosos da população de Iborepi, que dentro de sua humildade e envolta em situação de miséria e falta de água tiveram a força de se declarar contra Eunício Oliveira e de contar para a população de todo o Ceará a verdade sobre Eunício Oliveira. Mas isso não aconteceria sem ter consequências. Esse povo forte, que resiste a condições que poucos seres humanos conseguiriam só queriam cobrar seu conterrâneo, que saiu de Iborepi para se tornar um senador com um patrimônio pessoal de R$ 99 milhões, a cumprir as promessas que fez em Iborepi antes de ser eleito para o senado. Para ser eleito senador, Eunício prometeu acabar com o problema da seca em Iborepi com a construção de uma adutora de água. O senador também prometeu a construção de 20 casas de alvenaria em uma área carente, em substituição às casas de taipa onde os moradores do distrito vivem em condições precárias. Porém, mesmo com a eleição de Eunício, que se tornou senador em 2010, as promessas foram esquecidas. Iborepi continua sem água e sem casas de alvenaria, o distrito vive numa situação de miséria e em uma atitude honrada, resolveu se manifestar e se posicionar contra Eunício Oliveira. Eunício ainda teve uma grande aliada para resolver os problemas de Iborepi e Lavras da Mangabeira. Sua irmã, Dena Oliveira, foi prefeita do município entre os anos de 2005 e 2012. Dena, que recebeu recursos do DNOCS para fazer obras para combater a seca é acusada pelo Ministério Público Federal de desvio de verbas. O dinheiro chegou, a construtora foi contratada, mas Iborepi nunca viu a obra ser construída. De acordo com a investigação do Ministério Público, Dena Oliveira se utilizou do dinheiro para outros fins e precisa dizer para a justiça para onde foi esse dinheiro enquanto o povo de Iborepi permanece sem água. 

Caça as bruxas 

Outra denúncia gravíssima publicada no vídeo “O Outro lado de Eunício Oliveira” envolve ameaças e a tentativa de persuasão da equipe de Eunício Oliveira aos moradores de Iborepi. Com a viralização das denúncias da população do distrito ao senador, o candidato mandou sua equipe para “conversar” com os moradores da região, e tentou persuadi-los a desmentir as informações que deram para o vídeo “O Segredo de Eunício”. Em uma atitude de grande integridade, os moradores de Iborepi não aceitaram a pressão de Eunício e seus assessores, mantiveram a palavra e reiteraram a verdade para as câmeras como vemos no vídeo “O Outro lado de Eunício”. A grande resposta do povo de Iborepi a Eunício Oliveira não foi nos depoimentos dos vídeos, mas sim nas urnas. No primeiro turno, levando em consideração os votos de Iborepi, Eunício Oliveira foi derrotado por Camilo Santana, o petista teve 57% dos votos enquanto o filho da terra ficou com apenas 43%. 

Ameaça a Carlos Silva 

Não satisfeito em tentar persuadir a população de Iborepi, Eunício Oliveira e sua equipe também resolveram tirar satisfações com o jornalista Carlos Silva, responsável pela produção e publicação do vídeo “O Outro lado de Eunício Oliveira”. Desde a publicação do vídeo, logo após o término do primeiro turno, o bravo jornalista, que já é conhecido por sua tradição e credibilidade em todo o Ceará, vem sofrendo ameaças da equipe do senador. Para quem não conhece, Carlos Silva é um dos grandes comunicadores de rádio do Ceará. É diretor e comentarista do programa Momento Político, que vai ao ar pela Rádio Globo AM 620 de Fortaleza diariamente ao meio-dia. Carlos Silva pede ajuda da polícia e da justiça para se proteger, pois se sente inseguro diante de ameaças diárias em suas redes sociais e até mesmo por telefone. O radialista mostrou para todos o que é fazer jornalismo, colocou o dedo na ferida, fez denúncias a Eunício Oliveira, um dos homens mais ricos e poderosos do Brasil, mesmo sabendo que sofreria grandes consequências, resolveu publicar seu vídeo em nome da democracia, do povo do Ceará e da verdade. Agora, só nos resta acompanhar o caso e saber se o senador Eunício Oliveira irá se pronunciar sobre a série de denúncias a seu respeito.

quarta-feira, 15 de outubro de 2014

“O Outro Lado de Eunício”: um documentário jornalístico que busca a verdade

<iframe width="560" height="315" src="//www.youtube.com/embed/6P64_2NFY0k" frameborder="0" allowfullscreen></iframe>

O “Momento Político” do comunicador e articulador de imprensa, Carlos Silva, acaba de divulgar um documentário sobre a situação de abandono de Iborepi, terra natal do candidato Eunício Oliveira. “O Outro Lado de Eunício” busca fazer uma retrospectiva do sucesso do vídeo “O Segredo de Eunício” que mostrava a discrepância da vida de milionário em comparação com a situação de abandono dos seus conterrâneos. 

 No vídeo são apresentados os motivos alegados pelo candidato Eunício Oliveira para proibir a execução do “Segredo de Eunício”. No entanto, segundo o documentário, Eunício pode ter agido de má fé no processo, induzindo o Juiz ao erro, ao negar fatos que ele saberia que seriam verdadeiros. 

Eunício alegou no processo contra o YouTube que os depoimentos seriam tendenciosos, mas a população reiterou todas as denúncias contra o candidato e também mostraram profunda indignação com o fato do candidato, aparentemente, estar querendo esconder a verdade. 

 O documentário jornalístico tem um primoroso cuidado com detalhes e chega inclusive a dar a oportunidade para o candidato Eunício Oliveira se pronunciar sobre o conteúdo apresentado, mas segundo sua assessoria, ele não iria comentar o documentário. 

 O próprio candidato Eunício Oliveira vem provocando os eleitores cearenses a procurarem conhecer a verdade, sem sombra de dúvidas, o documentário “O Outro Lado de Eunício” é um bom caminho para conhecer fatos de grande relevância.